ds

Falando sobre Biomagnetismo

Graças aos longos anos de estudo do doutor Isaac Goiz Duran sobre as alterações fundamentais do pH e potenciais biomagnéticos nos órgãos internos do corpo humano foi desenvolvida a teoria do biomagnetismo, que emprega imãs para o tratamento de diversas enfermidades, disfunções glandulares e alterações tissulares, bem como problemas psicoemocionais através de uma prática terapêutica simples e não invasiva.

A técnica do Biomagnetismo compreende os fenômenos físicos e químicos dos quais nosso corpo é exposto e que são as bases para a criação do tratamento com os imãs.

Através de um rastreio por bioenergética se chega a desordem qualitativa indireta de alterações de pH e por meio de ímãs de meia intensidade ( 1.000 a 7.500 Gauss) as alterações são corrigidas.

 

Sobre os imãs indicamos que sejam utilizados os imãs redondos já  que se forem usados os imãs retangulares deve ser aplicados respeitado o formato e a orientação do órgão onde serão aplicado.

Também orientamos que os imãs sejam de neodímio pois estes podem ser  menores e terem a quantidade de Gauss ideal para o Biomagnetismo garantindo que não se tenha bloqueio energético nos campos eletromagnéticos gerados por cada par biomagnético.

O descobrimento do par biomagnético em 1988 marcou um critério totalmente novo dentro do próprio biomagnetismo e da medicina em geral ao comprovar que as potenciais cargas biomagnéticas de órgãos específicos tem uma ressonância vibracional e energéticas entre si. 

O primeiro par biomagnético conhecido foi o da síndrome de imunodeficiência humana (SIDA) que se gera no timo e no reto desde as primeiras horas que o vírus se instala, produzindo nos organismos fenômenos simultâneos: imunodeficiência e seropositividade.

Atualmente temos cerca de 230 pontos de rastreio anatômicas e cerca de 800 possibilidade de formação de pares biomagnéticos.

O par biomagnético é composto de três elementos essenciais bem definidos:

 

  1.  Todos as funções normais do organismo humano operam dentro de um nível energético normal (NEM) onde o pH do corpo é praticamente neutro com pequenas variações.
  2.  Pólos positivos são gerados por um excesso H+ (Íons de hidrogênio)nos órgãos onde o pH está ácido e da lugar à presença de vírus.
  3.  Pólos negativos são gerados por um deficit de H+ e pela presença de radicais livres complexos com polaridade negativa onde o pH é alcalino, dando lugar para a presença e desenvolvimento de bactérias.

 

  • O par biomagnético vem definir cada uma das patologias conhecidas no corpo humano, pela sua localização em dois órgãos identificáveis pela bioenergética.

 

Mecanismo de ação

Teoricamente as cargas do par biomagnético tem a mesma intensidade, o mesmo número de partículas elementais e a mesma frequência bioenergética de tal sorte que ao se enfrentar uma contra a outra, por efeito de indução biomagnética anulam-se os potenciais respectivos e nesse momento os vírus perdem a sua informação genética e as bactérias a sua capacidade patógena.

Esse fenômeno nos permite identificar as síndromes nos seus componentes etiológicos, sejam virais, bacterianos, micóticos, parasitários , disfuncionais, tóxicos ou genéticos; e na sua maioria levar o organismo a se equilibrar trazendo de volta à saúde.

 

Efeitos colaterais

O biomagnetismo, por se tratar de um procedimento de ordem física e natural externo e não invasivo, não produz efeitos indesejáveis.

Na realidade o que os pares biomagnéticos fazem é regular e eliminar potenciais focos de doença, por isso, o biomagnetismo é também um procedimento preventivo na Saúde pela sua habilidade em detectar oportunamente patologias, ainda antes da sua manifestação clinica.

Na pratica do biomagnetismo temos comprovado como todos os fenômenos patógenos estão suportados pelas suas distorções fundamentais do pH e que pela aplicação do tratamento a restauração da entropia orgânica condiciona a sanação e pelo mesmo a saúde em geral.

O biomagnetismo é contra indicado para pessoas com marca-passos, já que a terapia é levada a cabo através da imposição de cargas magnéticas sobre o corpo do paciente, estas ao mesmo tempo podem afetar o funcionamento normal de aparelhos eletrônicos porém as pessoas portadoras desse tipo de aparelhos não são recomendadas a assistir sessões de tratamento biomagnético, sendo possível seu atendimento por telebioenergética já que os imãs não serão aplicados diretamente no organismo do portador do marca passo.

Contra indicações relativas também para grávidas e pessoas que fizeram quimioterapia e radioterapia, indicamos buscar profissionais biomagnetistas bem preparados para poderem atuar nestes casos.

Temos de indicar também que logo após o tratamento dos pares biomagnéticos, o organismo começara a equilibrar todos os processos funcionais do corpo regulando o NEM, o organismo pode apresentar alterações nos níveis de energia no processo de auto regulação e auto restauração, começando um processo de desintoxicação, portanto é recomendado o consumo de água para ajudar o metabolismo neste processo.

 

Este blog é apenas um blog educativo. As informações e serviços aqui contidos não devem ser interpretados como um diagnóstico, tratamento, prescrição ou cura para a doença. Aqueles que buscam tratamento para uma doença específica devem consultar seu médico para determinar o protocolo de tratamento adequado, correto e aceito antes de usar qualquer coisa que é divulgado nesta página.

 

Adriane Viapiana Bossa

One comment
  1. Etelvina Maria Dias

    Esclarecedor
    Valeu
    Gra ta
    Etelvina Maria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *